Viva com Saúde

Viva com Saúde

notícias e destaques

(24/03/2016) - A IMPORTÃNCIA DAS ENZIMAS NO NOSSO ORGANISMO

 A Importância das Enzimas para o nosso Organismo.

“Sem enzimas não vivemos”.

Assim afirma o renomado Dr. Hiromi Shinya, especialista em saúde do intestino.



Essa matéria especial sobre enzimas foi elaborada com base na palestra proferida pelo Dr. Hiromi Shinya, nos dias 21 e 22 de abril de 2007 em São Paulo e em Porto Alegre, respectivamente.

É sabido que o nosso organismo é provido de milhares de tipos de enzimas e que cada uma delas atua de forma específica, resultado, de forma geral na manutenção da nossa saúde.
Sem enzimas o organismo não consegue absorver adequadamente os nutrientes dos alimentos que ingerimos o que prejudica todo o sistema digestivo; o resultado são os mais diversos distúrbios.

Sendo assim, o que podemos fazer para prover o organismo de enzimas e potencializar as suas ações? Conforme Dr. Hiromi Shinya:
- sentimento de alegria, felicidade e amor
- boa alimentação, suplementos
- água de boa qualidade
- sono reparador
- respiração adequada
- exercícios físicos regulares
- correta evacuação

De forma mais detalhada devemos:
- consumir verduras, legumes, frutas, cereais integrais, algas marinhas diariamente;
- evitar doces, refrigerantes, frituras, leite, derivados do leite, produtos de origem animal, alimentos que contêm ou que são preparados com muita gordura;
- tomar água de boa qualidade;
- consumir suplementos alimentares de qualidade comprovada que propiciam o bom funcionamento dos intestinos;
- fazer exercícios físicos regularmente;
- sono reparador;
- dedicar alguns minutos do dia para fazer um relaxamento, respirando com calma e profundamente;
- manter a temperatura do corpo sempre estável (entre 36,5ºC a 37,5ºC);
- evitar cigarros e ambiente de fumantes;
- evitar bebidas alcoólicas;
- comer com calma em horários regulares;
- evitar incidência de raios ultravioletas e
- se usar aparelhos eletrônicos, que seja moderadamente.

Dr. Shinya fez ainda observações a respeito do leite e dos seus derivados, alertando para o fato de que eles fazem reduzir drasticamente, e numa velocidade muito grande, as enzimas do organismo. As conseqüências do consumo constante de laticínios são: diarréia, danos ao intestino e aparelho digestivo, alergias, asma, doença de Crohn, inflamações ulcerativas, osteoporose, artrite, senilidade, obesidade, lipemia, pressão alta, câncer, leucemia. Portanto, o consumo do leite deve ser moderado.

Em relação à água, Dr. Hiromi Shinya orientou que deve ser usada a mineral de boa qualidade, tanto para consumo direto quanto para a preparação de refeições. De acordo com sua orientação, deve ser consumido entre 350 e 500ml de água, uma hora antes das refeições e pouco menos de um copo durante a refeição.
A água faz aumentar a ação das enzimas, proporciona o equilíbrio térmico, beneficia a respiração, a circulação sangüínea, a digestão dos alimentos, a absorção dos nutrientes e a excreção. Depois da água, as bebidas mais adequadas para consumo são: chá de cevada, chá de ervas, suco de frutas e suco de vegetais.

Houve também uma pequena abordagem sobre as gorduras trans. O que são gorduras trans? São as gorduras obtidas por meio de compressão, alta pressão ou temperaturas elevadas. São gorduras prejudiciais ao organismo, portando devem-se evitar os alimentos que as contêm como é o caso de margarinas, maioneses, frituras, batatas-fritas, macarrão instantâneo, creme de leite, leites industrializados, biscoitos recheados, chocolates, entre outros. Para identificar se os alimentos industrializados contêm ou não gordura trans bastar conferir os rótulos.

Também Dr. Shinya fez um importante alerta em relação ao açúcar refinando, referindo-se a ele como um veneno. O consumo excessivo de açúcar provoca diversos prejuízos ao organismo: perda de cálcio, enfraquecimento dos ossos e dentes, cáries, diabetes, arteriosclerose, hipoglicemia, derrame, impaciência, depressão.

Dr. Hiromi Shinya
• Médico Cirurgião especializado em Endoscopia Digestiva, 35 anos de experiência.
• Professor Titular de Cirurgia da Faculdade de Medicina Albert Einstein/ EUA.
• Diretor do Centro de Endoscopia do Hospital Beth Israel/ EUA.
• Vice-Presidente da Associação Japonesa de Medicina/ EUA.
• Pioneiro na utilização da técnica de exame de colonoscopia e remoção de pólipos pelo método não cirúrgico.
• Realizou mais de 300.000 exames de estômago e intestino e em torno de 100.000 polipoctomias com a sua técnica.
Fonte: Boletim Informativo Anew Naturalmente – 07/2007

Ao lado, livro deste autor que já vendeu mais de 2 milhões de exemplares
É impossível viver sem enzimas.

As enzimas presentes dentro do nosso corpo têm função muito importante.
Enzimas são substâncias protéicas produzidas no interior do nosso organismo. Elas têm a função catalisadora de reações químicas para que estas ocorram de forma eficiente. As enzimas não se alteram, mas modificam quimicamente as substâncias que sofrem a sua ação. Por exemplo, uma substância A e uma outra B sofrem reações químicas e se transformam em uma substância C; são as enzimas que promovem tal transformação.
As reações químicas ocorrem dentro do nosso organismo, por ação das enzimas, em apenas uma hora. Sem elas, tais reações demorariam, teoricamente, cerca de 1.000 anos para ocorrer. Dentro do organismo humano, há uma quantidade de 3.000 a 4.000 tipos de enzimas que estão relacionadas à respiração, à digestão, ao metabolismo, à imuni-dade etc.
Cada enzima é responsável por uma reação química específica de forma que, apesar de acontecerem simultaneamente e às centenas, não há desordem. É como se fosse uma chave para a respectiva fechadura.

O resultado da ação das enzimas são:
1. Prevenção da pele áspera – promove a renovação das células da pele.
2. Prevenção do envelhecimento – impede a formação de radicais livres, que causam o envelhecimento.
3. Prevenção dos sintomas da senilidade – renova as células responsáveis pelas funções cerebrais.
4. Alívio de sintomas do cansaço – previne o acúmulo das substâncias que o causam.
5. Aumento da imunidade – ativa as células relacionadas à imunidade.
6. Prevenção da obesidade – digere e absorve as substâncias responsáveis pela obesidade.

O que acontece quando há falta de enzimas?

O organismo não consegue formar nutrientes necessários, não consegue utilizar energia, e as substâncias que iriam sofrer a ação das enzimas começam a se acumular nos órgãos e causam prejuízo à saúde.

Os sintomas da falta de enzimas são:
• sono após as refeições, desânimo;
• muitos gases no trato digestivo;
• dor de estômago, azia, enjôo;
• diarréia, constipação, fezes mal cheirosas;
• alergia a certos alimentos, atopia;
• tontura;
• pele áspera;
• cólica menstrual, menstruação irregular;
• enrijecimento dos músculos ao redor dos ombros;
• enxaqueca, insônia;

Doenças causadas pela falta de enzimas:
• gastrite e colite;
• inflamação do pâncreas (aguda ou crônica);
• diminuição do ácido estomacal;
• doença de Ménière;
• hemorróidas;
• inflamação da traquéia;
• reumatismo;
• asma;
• catarata;
• cistite;
• arritmia;
• arteriosclerose;
• alergia a pólen;
• esterilidade;
• câncer.

Motivos da diminuição das enzimas
- aumento da idade;
- hábitos alimentares inadequados;
- poluição.


Fermentação e Saúde

Diversos estudos realizados em todo o planeta têm comprovado que alimentos fermentados ativam o funcionamento das enzimas do nosso corpo.
A fermentação é um processo de transformação de uma substância em outra e é produzida a partir de microorganismos, tais como bactérias (acetobacter) e fungos (levedura) que são capazes de modificar textura, sabor e aroma. Os alimentos, quando submetidos à fermentação natural, têm alteradas suas propriedades nutricionais.
Os produtos fermentados vêm sendo utilizados desde a antiguidade. O vinho, a cerveja, o pão e o queijo são exemplos de produtos da fermentação, tão antigos quanto a prática da agricultura.
Na China, há mais de 3.000 anos, já se conhecia o valor medicinal dos alimentos fermentados. Por exemplo, os chineses utilizavam o coalho de soja fermentada para tratamento de infecções da pele.
Os índios da América Central também utilizavam leveduras para tratar diversas infecções. Nos dias de hoje o estudo dessa ciência se encontra ainda nos seus passos iniciais. Apesar disso, a técnica da fermentação é cada vez mais utilizada em diversos processos industriais da área alimentícia.
Muitas substâncias químicas utilizadas na indústria, os antibióticos produzidos atualmente e a conversão de amidos em álcool são obtidos por meio de processos de fermentação.
O Japão é considerado um dos países de maior longevidade. Mais de 20.000 pessoas têm mais de 100 anos. Um dos grandes segredos dessas pessoas é a alimentação fermentada: nabo em conserva, molho de soja (shoyu), pasta de soja (missô). São alimentos que ajudam o organismo a ativar as enzimas e limpam o intestino, o que é imprescindível para que os nutrientes sejam absorvidos adequadamente.
Com tudo isso, quero destacar que o consumo de alimentos fermentados traz grandes benefícios ao nosso organismo, em especial para a função intestinal, porque provoca a revitalização da flora e melhora as funções de defesa e impede a absorção de substâncias tóxicas.
Dr. José Carlos de Arruda
Psiquiatra, Clínico e Médico do Trabalho
Diretor Técnico da LAVMED Saúde Ocupacional


Você sabe a real importância das enzimas?

1. Digere e decompõe os alimentos, e envia os nutrientes às células, elevando a atividade das mesmas
2. Decompõe as células velhas, facilitando a sua eliminação e realiza a sua reposição sintetizando células novas
3. Como inibe a atuação de bactérias nocivas, e acelera o trabalho de fabricação de células novas, eleva a capacidade de cura natural
4. Elimina rapidamente as substâncias tóxicas


Para a manutenção da saúde do nosso intestino e o perfeito funcionamento do mesmo e também para o auxílio na produção de enzimas para o nosso organismo, recomendamos o Floranew.

Descrição Rápida do Produto
A Floranew é um produto elaborado com matérias-primas cuidadosamente selecionadas e processado naturalmente através da milenar técnica de fermentação que, aliada ao clima, ao solo do Brasil e à tecnologia japonesa, a torna um produto único, produzida com todos os itens de segurança para o consumo diário.

Um composto fermentado de combinações de cereais, grãos, plantas aromáticas, frutas, verduras e legumes, que abastece nosso organismo com inúmeros componentes que estimulam suas reações enzimáticas.

Floranew é capaz de ativar cerca de 100 trilhões de microorganismos benéficos presentes em nossa flora intestinal, ajudando a inibir a proliferação de microorganismos prejudiciais e permitindo que as pessoas percebam logo seus efeitos nutricionais.

Benefícios Adicionais:
* Ajuda a estimular a produção de enzimas do organismo, melhorando assim a absorção de nutrientes, como vitaminas e minerais;
* Ajuda a reduzir impactos do stress da vida diária;
* Ajuda a proporcionar a elasticidade e o brilho natural da pele;
* Possui alto teor de ferro;
* Ajuda a manter a boa forma física devido à melhoria geral do metabolismo
* Ajuda a equilibrar o funcionamento do corpo, a amenizar o cansaço, a prevenir o stress e a retardar o processo de envelhecimento.

Viva com Saúde, produtos naturais Anew

Travessa Sílvia Paes, 18, Sala 103, Cidade Alta, Bento Gonçalves | RS, (54) 3452 2611